do tempo que televisão era pecado

Fiquei lembrando outro dia do tempo que televisão era pecado. Na verdade mesmo pecado era ver programações que não edificavam em nada, mas ninguém nunca disse isso no púlpito, apenas diziam que “a caixa preta do diabo não podia entrar na casa de um crente”. Isso foi de um tempo que ninguém discutia o que era certo ou errado, mas simplesmente ditavam as regras, os limites, até onde você podia ou não ir. Porque isso não existe mais hoje, né!? Nããããão!

Eu conversava com alguém sobre a dura realidade da minha antiga igreja, onde tantos jovens tinham a vida sexual ativa mesmo com todas as proibições. Ninguém nunca explicou porque não podia, simplesmente era pecado e pronto. Ninguém nunca falou abertamente o porque valia a pena se guardar para o momento certo, era simplesmente pecado antes do casamento. Aprendemos o que não podíamos fazer, mas não sabíamos exatamente o porquê. E dai viramos um monte de alienados que não sabíamos nem explicar aos amigos porque não fazíamos as coisas. Perguntado na escola porque não podíamos, por exemplo, jogar futebol a resposta mais fácil sempre foi o “não se assentar na roda dos escarnecedores”. Opa, então eu estava dizendo que meu amigo era um ‘escarnecedor’? Não, eu não podia dizer isso… então era melhor desconversar e mudar de assunto. Acho que na verdade era “difícil demais” pra liderança ensinar para os crentes a ter os frutos do espírito e não se matarem durante um jogo, já que essa era uma outra justificativa pra proibição (ou a que fazia mais sentido pra mim).

Já presenciei um monte de situações interessantes sobre o que era pecado e depois deixou de ser. Ai o neguinho fica maluco, né! Porque deixou de fazer um monte de coisas na vida porque falaram pra ele que era pecado, agora ele olha e vê o outro fazendo, feliz da vida, sem perder em nada a sua intimidade com Deus. Meu avô mesmo taxava de anti-bíblico pintar a cara de branco pra fazer teatro. Dizia que era a modernidade entrando na igreja e que a bíblia falava sobre o crente não usar máscaras. Não julgo meu avô, embora que sempre achei engraçado. Mas ele foi apenas mais um que foi ensinado a não questionar. Pensar, em alguns lugares, ainda é pecado.

Anúncios

Sobre Elianderson Nicácio

Meu nome é Elianderson Nicácio. Tenho 25 anos e a mais de seis anos trabalho como designer, tendo experiências tantos como webdesigner (desenvolvimento de sites) quanto como designer gráfico (material impresso), trabalhando com empresas em Alagoas e na Bahia. Sou estudante de Publicidade e Propaganda e atualmente integro a equipe de criação da SX Brasil Comunicação Digital.

Uma resposta para “do tempo que televisão era pecado

  1. Vamo combinar, ein?

    Que bom que tem gente que tá começando a lembrar que ser evangélico não é deixar de ter cérebro!!!

    Valeu, Elianderson, por trazer uma discussão sobre esse tema que, vez por outra, pipoca em nossas igrejas, até porque, todo mundo quer saber o que pode e o que não pode segundo Deus! Mas, nos meus pouquinhos 07 anos e 03 meses de Protestante Evangélico, tenho entendido que pecado é mesmo não respeitar o lugar do outro e o direito do outro ser um outro que pensa diferente de mim mesmo!

    E, na verdade, o pastor da charge tá certo ao dizer que é pecado se endividar! Enquanto a gente viver falando “não toque”, “não pegue”, “não manuseie”, vamos continuar sem nada pra combater o que realmente é pecado: idolatria, promiscuidade, etc…

    Abraço, seu Nicássio!!

    Saudades,

    Saulo, Dani & Laurinha linda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

“Mais cedo ou mais tarde você irá perceber, assim como eu percebi, que há uma diferença entre conhecer o caminho e andar por ele.” Morpheus (Matrix)

Calendário

setembro 2008
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
%d blogueiros gostam disto: