Eu tava aqui pensando…

Em tempos de blogs, microblogs, rede sociais e compartilhamente de feeds, é muito fácil conhecer qualquer pessoa a fundo na internet. Eu comecei a observar isso enquanto lia os feeds compartilhados pelo Ricardo (Diversitá) no GoogleReader. Quer ver como funciona?

Ricardo Oliveira mora em João Pessoa, é formado em jornalismo, mas não gosta de ser chamado de jornalista, prefere ser chamado de ‘Comunicador Social’. Curte publicidade e atividades afins de comunicação, fotografia e design são alguns exemplos. A alguns meses começou a namorar uma menina que se chama Cyntia. Gosta de boa música e é musico, toca violão na banda da igreja (MIRR). É maluco por cinema e escreve sobre isso o tempo todo. Fica contanto os dias pra entrada de novos filmes que ele ouviu falar ou leu em algum lugar. Gosta de quadrinhos e tirinhas, dos mais diversos tipos e estilos. É poeta também, tem um estílo bem próprio, com frases pequenas e mensagens quase subliminares. É bem humorado e gosta de humor inteligente. Gosta de jogos e passa mais da metade (ou quase) do seu dia em frente ao computador, boa parte desse tempo lendo. Se considera um nerd (afinal, já foi o tempo que era feio ser nerd) e além na net, também lê muitos livros.

Bem, eu poderia escrever muito mais, refinar a minha descrição falando dos seus diretores de cinema preferidos, estilos musicais e as melhores bandas na sua opnião, se tem mais amigos homens do que mulheres, onde trabalha, nome do pai, mãe e irmã (que é bem bonita, por sinal), o estilo que se veste, que presentes ele quer no próximo aniversário, etc. E eu nem preciso burlar nenhuma regra de segurança, nem hacker ou coisa assim eu preciso ser, tá tudo ai, nas redes sociais, blogs e micro-blogs. Claro que o Ricardo é um exemplo fácil, o cara ta na internet o tempo todo e em todo lugar. Mas depois que observei isso me dei conta de como temos tão pouca privacidade nesse mundo ainda tão desconhecido.

PS1: Não sou um maluco-perseguidor do Ricardo (hauahaua). Apenas fiz uma investigação rápida pra ilustrar meu pensamento.
PS2: Não, eu não moro na mesma cidade que ele.
PS3: Pra saber que ele é um cara bacana, nem precisa conhecer pessoalmente.
PS4: Escolhi o Ricardo pra exemplo, mas o Thiago também rende um post.

saindo do hiato

Blogueiro é igual a Los Hermanos: nunca termina um blog, tem um hiato. E eu estou de volta do meu Muita coisa mudou desde último post. Eu era um ‘solitário’ e agora estou namorando. Morava em Maceió e agora moro em Curitiba. Estava vivendo na época de sonhos e conflitos e agora… bem, realizei alguns sonhos, mas não todos; resolvi uns tantos conflitos, mas tenho outros tantos pra resolver ainda.

Cheguei agora pra trabalhar e resolvi procurar música boa e diferente pra ouvir. E estou descobrindo (muuuuito tardiamente, só pra variar) que no MySpace, com muita sorte e boas referências, dá pra você ouvir coisas muito boas. Dai resolvi compartilhar com vocês duas das minhas últimas descobertas.

Lucio Souza – Sabe o Lucas Souza? Aquele do” Caminho de Revolução” que estourou em boa parte do Brasil sem precisar vender a alma pra MK ou pra Line Records. Sabe? Pois então, o irmão dele também é músico ‘pra mais de metro’. Descobri ele hoje. Já sabia de sua existência, mas juro que não sabia que ele cantava e muito menos que tinha no mySpace. Vale muito a pena ouvir. Tem umas músicas novas e umas regravações de figurinhas da MPB. Destaque pra regravação de “Dai”. Muito bom.

Crombies – Quando os caras dizem que tem “Gilberto Gil, Marisa Monte e Los Hermanos” como referência você já gama de cara. E quando começa a ouvir as músicas deles, gosta mais ainda. Essa banda carioca tem o que vemos pouco hoje em dia na música nacional: poesia e contéudo. E ainda falam de coisas eternas, se que é você me entende, com muita beleza. Essa banda eu descobri enquanto conversa pelo skype com meu amigo Thiago (da Livraria) na madrugada de um dia qualquer. E quando o Thiago me indica alguma coisa eu já tenho um preconceito formado: lá vem coisa boa.

“Mais cedo ou mais tarde você irá perceber, assim como eu percebi, que há uma diferença entre conhecer o caminho e andar por ele.” Morpheus (Matrix)

Calendário

abril 2009
D S T Q Q S S
« jan   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930