beatles, minha descoberta tardia

Baixei a trilha sonora do Across The Universe. Não paro de ouvir. Beatles é a minha mais nova descoberta tardia. Desde um meses pra cá tenho feito várias descobertas tardias que me fazem sempre repetir a frase “como eu não ouvia isso antes”. As letras são muito boas, e nesse albúm todas as músicas receberam uma roupagem nova, mais atual e tão boa quanto a original (pelo menos pra mim, que redescobri Beatles através do filme). Esse é um cd que valeria a pena comprar, mas… alguém ainda compra cd depois do advento do mp3?

Abaixo, uma das músicas mais bonitas do filme: “If I Fell”

Em tempos de jingles políticos repetidos como lavagem cerebral em nossas ruas, nada melhor do que se entupir de música boa.

Anúncios

Eu fui influênciado pelos Beatles!

Conheço alguém que deixou de ouvir Los Hermanos depois da conversão quando ouviu, em uma entrevista a um dos integrantes do grupo, de que uma de suas maiores influências musicais eram os Beatles. Bem, eu nunca tinha entendido (e ainda não entendo) o que tem de mal ser influenciado pelos Beatles, mas eu me pergunto: quem não foi influênciado pelos Beatles nas últimas décadas? Chega a ser engraçado!

Acabei de asistir o filme “Across the universe“, um filme que usa apenas, única e exclusivamente músicas dos Beatles para contar uma história de amor. Achei engraçado a enorme quantidade de melodias que eu já conhecia, visto que tantas versões em português foram feitas das musicas deles, e que eu nunca imaginei que eram versões deles. Agora me diga: se eu fosse um músico, como eu poderia dizer que nunca fui influenciado pelos Beatles se as músicas que eu ouvi na rua, na escola, nos restaurantes e nas rádios, a minha vida toda, eram versões dos Beatles, mesmo sem eu saber?! Incrível como a gente tem preguiça de pensar e medo de questionar e engolismo tudo que nos dizem ser certo ou errado. Mas enfim, conhecereis a verdade e ela vos libertará. Glória a Deus que ela veio a tempo!

Sobre o filme

Não é o melhor filme da minha vida, não sei se compraria pra ter em minha coleção (eu tenho uma coleção?), mas é um filme que vale a pena ser visto. Especialmente se você, como eu, não conhecia quase nada de Beatles. Me apaixonei por algumas músicas, não entendi nada de outras, e fiquei com muita curiosidade em conhecer o contexto histórico em que cada música foi composta. Cada letra cantada tem uma impressão forte do momento que eles estavam vivendo, algumas falavam de amor, outras de revolução, ou simplesmente poesia solta ao vento pra entender ou não. Em algumas partes o filme tem umas sacadas meio “The Wall” (Pink Floyd), aquelas viagens loucas que você demora a entender, mas também tem muito romantismo. Eu recomendo! Em especial se você ainda acha que não foi influênciado pelos Beatles.

“Mais cedo ou mais tarde você irá perceber, assim como eu percebi, que há uma diferença entre conhecer o caminho e andar por ele.” Morpheus (Matrix)

Calendário

setembro 2017
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930